Previsão Climática
cptec
Destaques

PERSPECTIVA DE OUTONO CHUVOSO PARA O LESTE DO NORDESTE

A previsão por consenso para o trimestre abril a junho de 2014 (AMJ/2014) indicou uma maior probabilidade de ocorrência de totais pluviométricos na categoria acima da normal para o leste da Região Nordeste, desde o Rio Grande do Norte ao nordeste da Bahia, com a seguinte distribuição de probabilidades: 40%, 35% e 25% para as categorias acima, dentro e abaixo da faixa normal climatológica, respectivamente. Para uma área que compreende o semiárido do Nordeste (PI, CE, oeste do RN, PB e PE e norte da BA), a previsão por consenso indicou a maior probabilidade de ocorrência de chuvas na categoria normal (45%), a segunda maior probabilidade na categoria acima da faixa normal (35%) e probabilidade de 20% para a categoria abaixo da faixa normal climatológica. Para o norte da Região Norte, desde Roraima ao norte do Pará, a maior probabilidade é de ocorrência de totais pluviométricos na categoria normal, com distribuição de probabilidades igual a 25%, 40% e 35% para as categorias acima, dentro e abaixo da faixa normal, respectivamente. Ainda para o oeste da Região Norte, a previsão por consenso indicou maior probabilidade de ocorrência de totais pluviométricos dentro da faixa normal, porém com distribuição de probabilidades igual a 30%, 40% e 30% para as categorias acima, dentro e abaixo da faixa normal, respectivamente. Para o oeste da Região Sul, a maior probabilidade de chuvas foi atribuída à categorial normal (40%), com a segunda maior probabilidade abaixo da faixa normal (35%) e probabilidade de 25% dos totais pluviométricos situarem-se acima da faixa considerada normal. Para as demais áreas do Brasil, atribuiu-se distribuição equiprovável de probabilidades para as três categorias.

Temperatura da SuperfÍcie do Mar
Clique na imagem para ver animação
O monitoramento das condições do Oceano Pacífico Equatorial indica que ainda persiste a condição de neutralidade do fenômeno El Niño/Oscilação Sul (ENOS). Entre o final do mês de fevereiro e o início do mês de março, na maior parte da faixa equatorial central do Oceano Pacífico, a temperatura da superfície do mar (TSM) manteve-se próximo à normalidade, e anomalamente resfriada próximo à costa do Equador. No setor oeste, verificou-se o predomínio de anomalias positivas de TSM. Sobre o Oceano Atlântico Tropical, observa-se a condição de normalidade da TSM, sobretudo na costa do Nordeste do Brasil. No entanto, na costa da África, ao sul do equador, observa-se o surgimento de águas mais aquecidas que a normal climatológica, bem como na faixa que se estende desde a costa sul da América do Sul até a costa sul do continente africano. No Atlântico Norte, a TSM apresenta-se anomalamente resfriada no setor leste, próximo à costa do continente africano. Já à oeste do Atlântico Norte, a TSM esteve mais aquecida, principalmente próximo à costa da América Central.
Saíba mais ...
EstaÇÕes do Ano
Outono

20/Mar
13h57
Inverno

21/Jun
07h51
Primavera

22/Set
23h29
Verão

21/Dez
*20h03
Fonte: IAG /USP cptec*Não corrigida para Horário de Verão
Clique nas estações p/ maiores informações
INPE-Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CPTEC-Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos
© Copyright CPTEC/INPE
Comentários e/ou sugestões: Fale Conosco